sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

A História do Bêê Tóó

Buenas tardes Coleguinhas,

Hoje "vou estar contando" a história de bêê tóó: como já perceberam os pessoár do trabalho quase não trabalha, né, então temos que ficar inventando bobeiras. Temos então uma boa quantidade de piadas internas que somente nós entendemos (olha os dedinhos!!! - uma delas).
Bom, como trabalhamos em uma empresa de tradução, sempre brincamos com coisas relacionadas a erros gramaticais, ortográficos, etc. Uma dessas brincadeiras é o "vou estar fazendo, vou estar escrevendo" e assim por diante, em referência aos nossos "queridos" profissionais de telemarketing (se algum leitor !!! for, por favor não fique chateado e aprenda a maneira certa de falar, hahaha).
Entonces, numa dessas situações, um dos coleguinhas tinha a mania de, ao falar ao telefone, dizer "Beeijo, tchau!", bem assim cantado. Aí "se alembrei-me" que minha sobrinha, quando começou a falar, não conseguia dizer beijo, tchau ao telefone (ela queria imitar a mãe, que sempre se despede assim) e falava algo do tipo bêê tóó.
O pessoal gostou e toda vez que alguém falava o beijo, tchau, um outro tascava o bêê tóó, e aí a moda pegou.
So, pra não perder a prática ... BÊÊ TÓÓ!!!! BOM FINDI!!!!

Coleguinha ficará fora do ar neste findi porque amanhã é a festa de Pooh do Mini-coleguinha. Segunda tem mais.

Um comentário:

Stela Francesco disse...

Vou começar a cobrar os direitos autorais de todos os bêê tóó para colocar na poupança da criança...rsrsrs
bêê tóó!!!