segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Tiradas de Bêê Tóó I

Orá Coleguinhas,

E aí, como foi o findi? Tudo de bom? Balada, comilança, descanso? Que bom!

Por falar em findi, neste eu fui pra casa de Mami, e tinha o niver de 4 anos de Afilhada (que não é a Bêê Tóó, mas que tbém é súúper gotósa!), onde comi muuuiiinnto e falei besteira prá carááio, vééi! Ah, e fiz propaganda do blóóg, né! Mas o que qui eu ia falar mesmo, hein? Já sei.

Como vocês já sabem, tenho uma sobrinha/afilhada, a Bêê Tóó (pra quem não conhece a história, é só ler aqui) e, como toda Dinda que se preze, acho que ela é súúper inteligente, tem umas tiradas geniais (como toda criança), mas realmente às vezes ela surpreende.

Estávamos eu, Mini-coleguinha e Bêê Tóó assistindo ao DVD do Hi-5 (eca!!!) pela ducentésima nonagésima vez quando, na história final aparece uma minhoca que é chamada de preguiçosa porque naquele dia estava à toa. Ela (a minhoca, não Bêê Tóó) diz que está de folga nesse dia, mas que ela trabalha muito, pois afinal de contas é responsável por revolver o solo. Pausa para minha afilhada perguntar: 'Dinda, o que é solo?'

Eu respondo o mais simplesmente possível que era a mesma coisa que terra, onde plantamos, flores, etc. Aí, ela (Bêê Tóó, não a minhoca do programa) pergunta: 'E revolver?'. Essa ficou um pouco mais complicada para responder de forma simples. Então perguntei 'Você já viu uma minhoca na terra?' e ela 'Já', pois então, as minhocas revolvem a terra, ou seja, entram e saem pra deixá-la assim, mais humm, éé ... (não conseguia pensar em uma palavra que fizesse parte do seu vocabulário - seu não, do da Bêê Tóó), ni qui ela me interrompe e diz triunfante: 'pra deixar a terra mais afofada, Dinda?'

CARAMBOLETA, de onde que essa menina tira essas conclusões?! E não é que era isso mesmo? Aí eu fico lembrando que quando eu tinha a idade dela (da Bêê Tóó, que tem 5), eu era uma songa-monga de marca maior... quando íamos a um restaurante, eu e minha irmã, qdo ficávamos de saco cheio de ficar sentadas pedíamos pra levantar. Aí vc pensou 'e saíam correndo, se batiam, gritavam, etc'. Ledo engano: ficávamos em pé AO LADO da mesma. Imaginou? Pois é, mais dãã do que isso impossível, né?

Se era assim pra fazer coisas inerentes a crianças (leia-se bagunça) imagina se tínhamos essa inteligência e vivacidade toda que as crianças têm hoje.

ME AMARROTA QUE EU TÔ PASSADA!

E BÊÊ TÓÓ!!

3 comentários:

Danny disse...

Sua afilhada outro dia estava comentando que o besouro cai de costas e não consegue se virar. Aí completou dizendo que era porque ele não tem bunda nem perereca - por isso não consegue se sentar!!!
Tive que dar uma gargalhada!!
Bee Tóó!!

Stela disse...

ADOREI!!!!Nem eu sabia desta estória..rsrsrs

Andréa Cordoniz disse...

Oi, Nanda
Definitivamente sou uma ameba tecnológica. Ganhei seu selinho, amei, mas cadê que sei o que fazer ou como fazer para colocá-lo no meu blog?
Você não pode imaginar as surras que levo dessa tecnologia toda -rsrsrs.
Mil desculpas! Dia desses tomo vergonha e aprendo um pouco mais sobre blogs.
Beijíssimos e apareça sempre!