quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Eu sou mesmo a última coca-cola gelada do deserto...

Coleguinhas,

Como vocês já estão cansados de saber, sou leonina, linda, maravilhosa, modesta e a última coca-cola gelada do deserto.

Aí hoje à noite tive a confirmação: conversando com Mami desenterramos algumas histórias de quando eu era leoninazinha, lindinha, maravilhosinha e de quando na tenra idade de 3 anos já sabia das coisas.

Já contei que não aguento pessoas sem noção e que acham que podem tudo (leiam aqui), mas já ser assim qdo pequena não esperava. Minha mãe conta que um dia estávamos indo de Petrópolis para o Rio de carro, passando pela serra (que era estreita, sinuosa e mão dupla) meu pai ao volante, minha mãe, minha irmã de 1 ano na época (esquece essa parte) e eu. A uma certa altura ficamos atrás de um caminhão e como não conseguia ultrapassar, meu pai sem noção aproveitou um desvio à direita da pista para passar o veículo.
Ni qui ele jogou o carro pra direita, a pista estava esburacada, o carro sacolejou e a minha irmã no colo da minha mãe se engasgou com a água que estava mamando.

Pronto, foi o que precisava pra eu dar um esp@!x*!!! 'felomenal': "não vê que tem uma criança aqui no carro?! O senhor entrou no lugar errado, aqui não era o lugar certo pra passar!!"

TÓÓIMM! Tomou papudo? Nem pai escapa. E ele ficou pianinho, sabia que estava errado, né?!

Rê, rê, rê, é chato estar sempre linda, maravilhosa e com a razão. Eu adoooro ser leonina, hahaha.

Bêê Tóó

2 comentários:

A menina que roubava idéias disse...

Adorei,

Meu mais novo que é assim, pintoso... beijos

Ozenilda Amorim disse...

Essa foi boa, mas porque abafar o fato de sua irmã ter um ano? O que houve?
;)