segunda-feira, 13 de julho de 2009

Olá Coleguinhas,

Estava lendo um post do Surfista Platinado sobre o primeiro beijo/primeiro amor/primeiro beijo no primeiro amor e, como diria He-Man, outras coisinhas de garotinha quando me lembrei dos meus...

Pois é, o meu primeiro 'namorado' foi qdo eu tinha acho que uns 11 ou 12 anos, mas não rolava nada mais do que mãos dadas e ele me esperando no final da aula pra gente 'namorar' (leia-se pegar na mão e um suar na mão do outro). Agora, o mais engraçado é que EU é que tomei a iniciativa: eu 'gostava' dele, éramos conhecidos, e um dia eu mandei um bilhetinho explicando os meus sentimentos e no final perguntava "você sente o mesmo? (ou coisa que o valha)" e coloquei dois quadradinhos de 'sim' ou 'não' (TÓÓIM!); o próximo quesito era "se a resposta anterior foi 'sim', você quer namorar comigo? (ou algo assim)", com os mesmos quadradinhos de 'sim' ou 'não'. Bom, a resposta foi sim e nós nos encontrávamos no final da aula e suávamos um no outro, literalmente, de tão nervosos... mas nada de beijinho.

Agora, o meu primeiro beijo na boca pra valer foi HOR-RO-RO-SOOOO!!! Eu até gostava do cara, mas a situação foi toda armada porque alguns 'amigos' viram que eu tava a fim dele e combinaram dele me beijar. Mas aí, ele meio que fez por pena e deu no que deu: TRAUMA... (mas só por um tempinho, né?)

E o caso do meu primeiro-segundo namorado acho que é pior. Esse eu já conhecia e com esse rolou beijos na boca. Só que algumas semanas depois ele e a família se mudaram e eu fiquei livre, leve e solta, sem traumas, pronta pra achar outras bocas beijáveis. Depois de alguns meses, eu já nem lembrava mais do cidadão, ele reaparece, cheio de amor pra dar. Problema: falando 'pobrema' e sem um dente na frente (não querendo ser preconceituosa e já sendo)... ~CARÁÁI VÉÉI!!! Aí pra mim não deu... o pior é que fiquei sem saber se ele já era assim qdo nós 'namoramos', ui.

Bêê Tóó

2 comentários:

Raquel disse...

Uma reação em cadeia isso, todo mundo lembrando e falando dos respectivos "primeiros"... Imagina a cena: no ônibus escolar um bando de meninas gritando pra um mocinho na rua: "ô loirinho, ô loirinho, fala o seu telefone aí!" - todas as meninas no ônibus desesperadas procurando papel e caneta nas mochilas quando o amigo dele falou o telefone. Historinha brega, né? Isso foi com 13 anos, rolou beijinho na boca e durou 2 anos e meio. Vi esse moço há umas 2semanas atrás aqui na savassi.

Regiane disse...

Oi Nanda
Adorei a sua visita,já estava com saudades!
Bjs
Regiane