sexta-feira, 29 de maio de 2009

Coleguinhas,

Ainda na onda 'psicótica' do xixi, banheiro, etc., minha amiga Irmã Caralho I lembrou de uma história pitoresca relacionada ao assunto.

Saca a cena: voltando de Cabo Frio depois do final de ano, engarrafamento 'felomenal', um sol de 200° na cuca (ou melhor no teto do carro) e nós em caravana. Aí, resolvemos parar pra fazer xixi em um McDonald's que tem na estrada, mas claro que todo mundo resolveu fazer a mesma coisa, e então a fila do banheiro estava gigantesca.

Ni qui estávamos na fila, alguém disse que dava pra ir no posto ao lado, que tava melhor, etc. Saímos então eu e Irmãs Caralho I e II e fomos pro posto (de gasolina, imagina só o estado do estabelecimento). Aí eu falei que o banheiro devia estar um nojo, aquele monte de mulher desesperada e tal, qdo Irmã Caralho I ou II, não me lembro, diz que tem um 'pênis de papelão', ou qualquer coisa parecida, que elas usavam pra não precisar sentar no vaso sanitário.

Como assim, Bial? 'Pênis de papelão'?! Ficaram totoquinhas da cabeça? Mas elas me 'expricaram' o que era: pra ficar mais fácil a visualização olha a foto aqui:


















Olha, sensacional, higiênico, descartável, environmental-friendly (pq depois joga fora), MAS não consegui usar. Quando entramos no banheiro eu e Irmã Caralho II pra eu vê-la usando o treco, eu não aguentei e danei a gargalhar lá dentro. É muito legal, mas qdo eu vi a posição em que é preciso ficar (na foto a mulher tá retinha, mas não é assim não... tem que 'encaixar' a bunda, e aí fica súúúper esquisito).

De qualquer maneira, fica a dica para as mulheres que odeiam ou não conseguem se equilibrar em cima do vaso. Só não entrem no banheiro com outra pra ver como se usa. Quem avisa amiga é, hahaha

Vamos ver se acaba essa idéia fixa de xixi.
Bêê Tóó

Pra quem quiser saber, o nome da engenhoca é Higgfly.

Um comentário:

Sofia disse...

eu quero!!!!!!!!! antes ficar em posição esquisita do que ter que ficar se equilibrando, contornando e ainda assim correr o risco de encostar daqueles banheiros nojentos ou errar a mira. neeeeeeem