quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Caindo a ficha

Orá Coleguinhas,

Hoje, depois que vi a moça da limpeza usar a mangueira para lavar a entrada do meu prédio, fiquei pensando nos problemas que a falta de chuva e água tem causado nesses últimos meses e vi que não estava fazendo nada para ajudar.

Pensei então em começar a anotar ao final do dia o que eu tinha feito para economizar água, nem que fosse uma coisa mínima, como fechar a torneira para escovar os dentes (que eu já consigo fazer com certa frequência). Seria como um diário, então vamos lá:

Hoje eu fechei o chuveiro enquanto me ensaboava. Não costumo fazer isso porque sou friorenta, qualquer ventinho me deixa com frio e eu tenho que ficar embaixo da água quente, mas hoje eu resolvi que dava. Tenho tentado também diminuir meu tempo de banho e o número de vezes em que lavo a cabeça, porque além da água, economizo a eletricidade do secador.

Há algum tempo, depois que a falta de chuva ficou séria, passamos a somente dar descarga depois de duas ou três vezes de uso do vaso sanitário (do número 1, óbvio!) e já usei a água da lavagem da roupa para lavar panos de chão.

Coleguinhas, espero que esse texto ajude vocês a levarem a sério esse problema, pois é uma realidade cada vez mais presente nas nossas vidas, independente de onde moramos ou de nossa condição monetária.

Quem quiser compartilhar o que faz ou que pretende fazer, sinta-se à vontade, mas se não quiser, sem problemas. Só quero deixar claro que não é uma competição pra saber quem faz mais, é só um relato e uma maneira de me ajudar a ficar mais consciente das coisas que eu faço. Quem sabe trocamos ideias sobre outras coisas que podem ser feitas no dia a dia para economizar água?

Acreditem-me, vai ter dias em que eu não vou lembrar de fazer nada, vou ter preguiça de escrever, mas o importante é começar e quem sabe, um dia, incorporar as mudanças de vez.

Bêê tóós ressecados.

Nenhum comentário: