segunda-feira, 19 de abril de 2010

Dando Pinta de Psicóloga

Orá Coleguinhas,

Vocês já viram esse comercial?

video

Muito legal, né?!

Mas toda vez que eu o assisto 'encasqueto' com uma coisa, não sei se vocês vão concordar comigo.

A dona da casa mostra toda a reforma do novo apartamento e 'the cream of the crop': seu closet lotado de roupas e sapatos maravilhosos para suas amigas, que ficam extasiadas, a abraçam, comemoram, ficam felizes pela amiga, blá, blá, blá whiskas sachê. Ao mesmo tempo ouvem gritinhos vindo do outro lado, onde o marido faz a mesma coisa com seus amigos, que choram, se abraçam, comemoram, ficam felizes pelo amigo, blá, blá, blá whiskas sachê. Tudo muito engraçado, mas acho que um tanto inverossímel.

'Por quê?', vocês se perguntam e eis a razão: acho que o closet lotado de cervejas deixa seus amigos felizes porque provavelmente o cara vai compartilhar tudo aquilo com eles, assistindo um jogo de futebol, comendo porcarias e emporcalhando a casa, adiconado ao fato de que tudo pode ser reposto novamente (até mesmo com a ajuda financeira dos amigos). E homens realmente são assim.

Agora, falando sério, você acha que o comercial retrata o que realmente aconteceria com nós, mulheres? Eu acho que não. As amigas iriam olhar tudo, fazer elogios totalmente mentirosos (e não dar gritinhos de alegria por ela), ficar verdes de inveja, dar sorrisos amarelos, abraçar a amiga de modo bem falso (em oposição à genuína demonstração de 'estou feliz por vc' do comercial) e ainda por cima falaria mal de toda a decoração, das roupas, da amiga, do mundo em geral, e que ela nem gostaria de ter nada como aquilo, pois deve dar trabalho de limpar, a empregada podia roubar alguma coisa, por isso que ela não tem e por aí vai. E outra coisa, a dona do closet vai compartilhar tudo aquilo com as amigas? Hell, no!!! Então, dar gritinhos pra quê?!

Pois é, eu sei que EU não daria gritinho nem pulinho nenhum numa situação dessas, daria um sorriso beeem amarelo, faria um elogio beeem mixuruca e iria encher a cara de Heineken (se eu bebesse) pra esquecer que o meu armário é da Casas Bahia.

Bêê Tóó

Um comentário:

Ozenilda Amorim disse...

Nanda, você como sempre tem toda razão, nenhuma mulher ficaria tão alegre assim pelo sucesso de outra.
;)